Categoria C1

A subcategoria C1 abrange automóveis pesados de mercadorias com peso bruto não superior a 7.500 kg podendo ser-lhes atrelado um reboque cujo peso bruto não ultrapasse os 750 kg.

Categoria c1

Documentação necessária:

– Documento de Identificação; – Contribuinte;

– Carta de Condução;

– Atestado Médico;

– Exame Psicotécnico;

– 2 Fotografias originais, tipo passe.

Esta categoria abrange automóveis pesados de mercadorias com peso bruto (massa máxima) não superior a 7.500 kg, podendo ser-lhes atrelado um reboque cujo peso bruto não ultrapasse os 750 kg.

Para a obtenção da categoria C1 numa escola de condução, é necessário ser titular da categoria B (ligeiros), residir em território nacional, não estar a cumprir proibição ou inibição de conduzir, ter aptidão física, mental e psicológica e possuir, no mínimo, 18 anos de idade.

No que se refere às aulas teóricas de técnica automóvel (mecânica), estas são presenciais e o candidato deve frequentar, pelo menos, 21 aulas – matéria específica –, e posteriormente, realizar o exame teórico de mecânica. Quanto às aulas práticas, o número mínimo obrigatório é de 12 aulas.

Após a obtenção da categoria C1 na carta de condução, fica-se habilitado a conduzir pesados de mercadorias cujo peso bruto (massa máxima) não exceda os 7500 kg, ao qual pode ser atrelado um reboque de peso bruto até 750 kg, bem como todos os veículos incluídos na categoria B (ligeiros).

Seguidamente, destacamos algumas das exigências mínimas para a realização do exame prático:

Demonstrar conhecimento e proceder à verificação dos sistemas de assistência de travagem e de direção, do estado das rodas – incluindo pneumáticos –, guarda-lamas, para-brisas, janelas, limpa-para-brisas, fluidos, pressão do ar, reservatórios de ar e suspensão;

Além disso, o candidato deve, igualmente, demonstrar conhecimento sobre o painel de instrumentos – incluindo a utilização do tacógrafo –, a leitura de um mapa de estradas; saber regular o banco e apoios de cabeça (caso existam); confirmar se as portas estão fechadas; utilizar os vários sistemas de travagem; verificar os fatores de segurança relativos às operações de carga do veículo, carroçaria, chapas, portas do compartimento da carga, travamento da cabina e processo de carregamento e amarração da carga.

Na prova dedicada à avaliação em circulação urbana, não urbana e algumas manobras em especial, o candidato deve:

– Efetuar contorno de lancil em marcha atrás;

– Estacionar entre balizas, junto ao passeio e em marcha atrás;

– Estacionar de forma segura para carga e/ou para descarga, preferencialmente, em rampa;

– Arrancar após estacionamento ou após uma paragem no trânsito e em saída de um caminho de acesso;

– Circular em vias de alinhamento retilíneo e curvilíneo, com cruzamento de veículos;

– Abordar e atravessar cruzamentos e entroncamentos;

– Efetuar mudança de direção, pré-seleção de vias, mudança e condução em pluralidade de vias de trânsito;

– Realizar uma condução económica e ecológica, tendo em conta as rotações por minuto e a utilização correta da caixa de velocidades;

– Tomar as precauções necessárias ao sair do veículo, entre outros cuidados.

A par disso, salientamos também algumas regras de segurança na condução deste tipo de veículos, tais como:

– Durante a condução não urbana (fora das localidades), com apenas uma via de trânsito em cada sentido, o condutor deve deixar uma distância de segurança de, pelo menos, 50 metros do veículo precedente, a fim de facilitar a manobra de ultrapassagem;

– Na condução em autoestrada ou via equiparada com três ou mais vias de trânsito no mesmo sentido – tal como na Ponte 25 de abril e no Viaduto – Norte –, o condutor deve utilizar apenas as duas vias de trânsito mais à direita.

Em relação ao termo de validade e revalidação da categoria C, este ocorre nas datas em que o titular complete as idades 25, 30, 35, 40, 45, 50, 55, 60, 65, 70 e, posteriormente, de dois em dois anos (de acordo com a data de emissão da categoria). Esta revalidação deve ser requerida durante os seis meses que antecedem às idades anteriormente referidas, com a entrega de um Atestado Médico. A partir dos 50 anos é necessário, ainda, o Exame Psicotécnico.

Caso o título de condução (carta) não seja revalidado, nos termos e datas indicados, o mesmo caduca, não sendo permitido conduzir veículos da(s) categoria(s) em causa – apenas categorias que estão fora da validade –, enquanto o condutor não proceder à sua revalidação. Se o título de condução caducou há pelo menos 2 anos, a sua revalidação depende de aprovação na prova prática, salvo se o titular demonstrar ter sido portador de documento idêntico e válido durante esse período.

 

LEGISLAÇÃO DE CONSULTA: DESPACHO Nº 17692/05; DECRETO-LEI Nº 44/05; DECRETO-LEI Nº 45/05; DECRETO-LEI Nº 86/98; DECRETO REGULAMENTAR5/98; PORTARIA Nº 536/05;

C1 Idade Mínima:                   16 anos Automóveis pesados de mercadorias com massa máxima autorizada inferior a 7500 Kg, a que pode ser atrelado um reboque com massa máxima autorizada não superior a 750 Kg.
Nota: A obtenção da carta de condução de categoria C1 depende da titularidade da carta de condução válida para a categoria B.

NEWSLETTER

Subscreva a nossa newsletter e receba as últimas novidades no seu email.

newsletter email

PROMOÇÕES

Veja aqui todas as promoções por Escola de Condução

ver

NÚMERO VERDE GRÁTIS

Tem dúvidas? Ligue-nos que é GRÁTIS!

800 200 530

Número Verde Grátis
Horário de 2º a 6º Feira
9:00h - 21:00h
Horário de Sábado
9:00h - 13:00h
Ligue para o nosso número verde grátis 800 200 530 para obter todas as informações que necessita.
Facebook
>
Sobre a Segurança Máxima
O projecto que deu origem à criação das Escolas de Condução Segurança Máxima teve início há 16 anos atrás na Madeira. Tudo começou com o desejo e a vontade de concretizar um sonho.

Segurança Máxima - Escolas de Condução © 2016 | Desenvolvido pelos Cavalheiros do Gato de Bigode